Prefeitura de Quirinópolis
ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 22 out 2021 · Meio Ambiente

Iniciativa pioneira em Quirinópolis, Brigada Aérea de Incêndio evitou que queimada de grandes proporções atingisse unidade de conservação

Parceria entre prefeitura, usinas e produtores rurais, que gerou em média um acionamento a cada três dias, foi finalizada com resultados positivos e perspectiva de renovação no próximo ano

Durante o período de estiagem deste ano, a Prefeitura de Quirinópolis integrou uma iniciativa pioneira no município. A criação de uma Brigada Aérea para conter incêndios nas áreas rurais da região. A iniciativa surgiu a partir da união da Prefeitura de Quirinópolis, Grupo SJC Bioenergia, Grupo São Martinho e produtores rurais da região com a empresa Aerotek, que operacionalizou as operações. Ao todo, foram 16 acionamentos ao longo dos 60 dias de trabalho, totalizando 60 horas de voos que, com resposta média de apenas 10 minutos após o acionamento, reduziram consideravelmente os impactos avassaladores das queimadas no período mais crítico do ano. 

Uma das provas da efetividade do trabalho foi o combate a um incêndio de grandes proporções que chegou a 800m da Unidade de Conservação Refúgio da Vida Silvestre Serra da Fortaleza. De acordo com o diretor da empresa que operacionalizou a brigada, Tiago Textor, “esse trabalho iniciou-se com foco em uma propriedade rural privada, mas a gente identificou, em contato com a prefeitura, que estava muito próximo à reserva. Então, imediatamente, a prefeitura fez também o acionamento de uma aeronave sobrevoando próximo à reserva”. Tiago explica que foram necessários dois dias para conter as chamas, que felizmente não atingiram a unidade.

Avião em combate a incêndio que se alastrava na região

Para a secretária municipal de meio ambiente, Solange de Fátima Oliveira, esse episódio foi um indicador fundamental da importância e eficácia da Brigada. “Se não fosse o apoio que nós tivemos, a gente não tem nem ideia do que poderia ter acontecido na unidade de conservação porque estava muito próximo. Chegou a 800m e, como é uma área muito densa de mata fechada, se não tivesse o apoio da Aerotek, o desastre ambiental teria sido grande. Eu não consigo nem calcular”, explicou a chefe da pasta. “Ressaltando que, por mais que fosse uma propriedade particular, a gente não poderia deixar para acionar só quando o fogo já estivesse dentro da reserva”, finalizou.

Solange garantiu ainda que, considerando os resultados do trabalho neste ano, desde o início de 2022, já vai iniciar o processo para a retomada do projeto durante o período de estiagem. “Nós temos um suporte para isso. Nós temos o ICMS Ecológico que uma das finalidades é essa”, explicou e destacou ainda que o ineditismo da ação no município, com certeza, vai contribuir para que a cidade continue com porcentagem máxima na classificação para receber o repasse financeiro ambiental. “O ICMS Ecológico tem que ser revertido em ações ambientais e essa iniciativa vai ajudar na nossa pontuação porque é algo que nunca foi feito”, finalizou.

Um dos aviões utilizados nos combates

Projeto de referência

Os resultados da parceria foram tão positivos, que o projeto tornou-se uma referência para a região. Neste sentido, Tiago ressalta que, apesar de outros municípios terem brigadas aéreas formadas, essa foi a primeira vez que identificou uma prefeitura tão ativa na causa. “Foi a primeira vez que uma prefeitura realmente se interessou pelo projeto e entrou atuando como parceira”, iniciou. “Neste ano, através da atuação da secretaria de meio ambiente, houve essa procura, esse interesse e a participação de forma muito eficiente, atuando quando necessário, acionando quando necessário. E isso já virou modelo”, finaliza.

Assim, com medidas rápidas e ações estratégicas, o município conseguiu passar pelo período de seca, que foi tão traiçoeiro para todo o Brasil, com os mínimos impactos, provando mais uma vez que, da união de agentes sociais atuando pelo bem comum, quem ganha é a população e, neste caso, nosso meio ambiente. “É um trabalho pioneiro que tende a virar referência para todo país. Outras empresas estão nos procurando para saber como fazer, como aplicar e a gente tem buscado mostrar com clareza porque isso soma para todo mundo, para o agronegócio, para a preservação do meio ambiente”, finalizou Tiago.

Secretária de Meio Ambiente visita sede da empresa para reconhecer o trabalho da equipe ao final do período do projeto