ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 19 mar 2021 · Covid-19

Com novas normas técnicas, Prefeitura pede mais rigor no funcionamento dos supermercados

Diálogo constante entre o poder executivo e iniciativa privada ajudam a construir ações mais assertivas de enfrentamento ao novo coronavírus no município

Observando os principais pontos de atenção no combate ao coronavírus no município, nesta semana, o prefeito Anderson de Paula, acompanhado pelo Secretário Municipal de Saúde, Rodrigo Goulart, Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Márcio de Paula e o Secretário Municipal de Administração e Planejamento, Valmir Andrade, reuniu-se com representantes dos supermercados locais com o intuito de deliberar sobre as novas normas técnicas que seriam emitidas para regular o funcionamento destes estabelecimentos. Além disso, o gestor municipal pediu uma maior conscientização aos diretores sobre a importância destas medidas.

A iniciativa vai ao encontro do trabalho da gestão no combate à Covid-19 que, diariamente, monitora e fiscaliza diversos pontos e setores da cidade para identificar onde estão concentrados os potenciais casos de agravamento no número de contaminação. Assim, é possível formular medidas e estratégias de enfrentamento mais assertivas, como estas emitidas após reunião.

Prefeito e secretários debatem ações de enfrentamento ao novo coronavírus

Notas Técnicas
Assim, o documento publicado pela Prefeitura regula o funcionamento de supermercados, mercados, mercearias, mini mercados e estabelecimentos congêneres. Alguns dos pontos principais que devem ser observados pela população, inclusive antes de sair de casa para ir às compras, é a proibição da entrada de crianças abaixo de 12 anos nos estabelecimentos. Paralelo a isso, foi instituído que será permitida a entrada e permanência de somente uma pessoa por família nestes locais.

A lotação dos empreendimentos também foi um ponto abordado. De acordo com a metragem, os supermercados e afins devem permitir que apenas 50% de sua capacidade total seja preenchida. Para que haja este controle, é necessária a distribuição de senhas aos clientes logo na entrada.

Outra nova medida adotada é que estes estabelecimentos também deverão aferir a temperatura dos clientes antes de iniciarem as compras e os carrinhos devem ser higienizados com álcool 70% a cada nova utilização e devolução.

Confira o documento na íntegra clicando aqui.

Fiscalização
Outro ponto ressaltado por Anderson aos empresários é que a fiscalização também seria intensificada nestes estabelecimentos. Assim, no mesmo dia, equipes de fiscais municipais passaram pelos mercados e congêneres a fim de conferir se as normas já estavam sendo implementadas.

Superintendente da Vigilância Sanitária, Marcio de Oliveira ressalta a importância das ações de fiscalização e explica como tem sido realizado o trabalho dos fiscais municipais, que tem respaldo das forças de vigilância, corpo de bombeiros e conselho tutelar: “nós já fizemos muitas notificações, algumas multas e, infelizmente, tivemos que interditar dois estabelecimentos pelo não-cumprimento das normas”. Entretanto, ele também reforça que boa parte da população tem entendido o trabalho da fiscalização, além de ajudar a olhar pela cidade, denunciando casos de irregularidades. Para isso, a Prefeitura de Quirinópolis divulgou um telefone específico para denúncias: (64)98415-6225.

Após reunião, fiscais visitam estabelecimentos para conferir como estava a adaptação às normas técnicas.