Prefeitura de Quirinópolis
ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 28 mai 2021 · Educação

Cuidado e acolhimento marcam semana de entregas dos Kits Merendas na rede de ensino municipal

São distribuídos mais de 5000 Kits Merendas mensalmente aos alunos matriculados na rede de ensino municipal

No dia 07 de abril de 2020, foi promulgada a Lei 13.987, que garante aos estudantes afastados do ambiente escolar a manutenção do direito a uma alimentação balanceada e rica em nutrientes, por meio da distribuição de gêneros alimentícios às famílias. Os produtos são adquiridos pelos municípios com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Apenas em abril, a Prefeitura de Quirinópolis distribuiu 5638 unidades, do que, na cidade, é chamado de Kit Merenda, uma espécie de cesta básica que possui todos os ingredientes necessários para que a família possa garantir que as crianças tenham em casa uma alimentação com a mesma qualidade que a fornecida pela escola. Cada kit é composto por um pacote de frango (coxa e sobrecoxa), 2kg de arroz, 1kg de feijão, 1 litro de leite, 500g de macarrão, 1 pacote de bolacha, 1 litro de óleo, além de um tipo de fruta e vegetal. 

Assim, o município atende o que é  posto pela Lei 11.947/2009, que dispõe sobre a alimentação escolar: “o emprego da alimentação saudável e adequada, compreendendo o uso de alimentos variados, seguros, que respeitem a cultura, as tradições e os hábitos alimentares saudáveis, contribuindo para o crescimento e o desenvolvimento dos alunos e para a melhoria do rendimento escola”.

Segurança alimentar e papel social da escola

Entretanto, muito além de cumprir com o dever de fornecer uma alimentação de qualidade aos alunos da rede municipal de ensino, mesmo que afastados do ambiente escolar, a Prefeitura de Quirinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Educação, preocupa-se em fazer do período de entregas dos kits merenda um momento de conexão real com as famílias. Ali, pais, responsáveis e estudantes são acolhidos com respeito, carinho e, claro, segurança. Neste sentido, a vice-prefeita Nicolina tem participado pessoalmente dessas ocasiões, reforçando o compromisso e cuidado da gestão com a Educação Municipal, característica cobrada pelo prefeito Anderson de Paula.

A pauta traz luz a assuntos muito mais complexos, como a segurança alimentar. O termo cunhado após a segunda guerra mundial fala sobre o direito de todos os cidadãos de terem acesso regular e permanente a alimentos de qualidade. Assim, como explicou a secretária de educação na distribuição dos primeiros kits, “esse compromisso acontece quando as escolas adotam posturas, comportamentos e ações que atuam na promoção do bem-estar da sociedade envolvidos na construção do todo”.

 E completa: “uma merenda escolar saudável e rica em nutrientes é fundamental. Todos os esforços que permitam uma melhoria da qualidade da alimentação distribuída aos alunos são essenciais”. Assim, alertar à sociedade sobre a obrigatoriedade da ação prevista por lei e garantir o acesso pleno dos estudantes ao benefício é papel do poder público.